I CONGEO - 10 a 14 de outrubro de 2014

Pontifícia Universidade Católica, Rio de Janeiro-RJ

Apresentação

As dinâmicas espaciais do mundo pós-século XX estão transformando, intensamente, as políticas institucionais na atualidade, o que estrutura as bases de novas organizações políticas, econômicas, culturais e tecnológicas na contemporaneidade do século XXI. As mudanças em curso afetam o cotidiano de sociedades diversas conectadas por redes formais e informais através das quais se difundem estratégias de organização e ação político-territorial. Tais estratégias mudam as instituições, criando novos cenários para a gestão de políticas que reordenam constantemente os territórios, direcionando-os para geopolíticas diversas entre agentes e instituições, homens e governos, em múltiplas escalas de ação.

Acompanhando esse cenário de importantes mudanças, um grupo de pesquisadores territoriais (geógrafos, geopolíticos, gestores públicos…) reunidos em Manaus, em maio de 2013, decidiu criar a Rede Brasileira de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território (REBRAGEO), canal de estruturação de estudos espaciais capazes de ajudar a sociedade civil e os agentes públicos e acadêmicos a pensarem a formação político-territorial do mundo atual para nele atuarem de forma competente.

Essa foi a nossa proposta iniciada em outubro de 2014.

O evento I Congresso Brasileiro de Geografia Política, Geopolítica e Gestão do Território: racionalidades e práticas em múltiplas escalas (1° CONGEO) foi vertebrado pelos participantes da REBRAGEO como um primeiro esforço acadêmico para o reconhecimento das principais transformações e tendências político-territoriais do mundo de hoje, suas tensões, potencialidades, possibilidades, dinâmicas e perspectivas, com foco em pesquisas brasileiras em curso, com a participação de importantes investigadores internacionais da área.

Em quatro dias de intensas atividades acadêmicas, foram apresentadas cinco conferências de renomados pesquisadores nacionais e internacionais, quatro mesas coordenadas com a exposição de onze pesquisas nacionais de investigadores da Rede, cento de vinte e cinco trabalhos nos cinco eixos de grupos de discussão do CONGEO e trinta painéis de participantes de todo país.

Cabe ressaltar que esse primeiro evento fez uma homenagem à grande geógrafa brasileira Bertha Koiffmann Becker, que nos deixou, como legado, importante obra sobre o espaço brasileiro, suas políticas territoriais, potencialidades e contradições como agente geopolítico internacional.

Este foi o primeiro de muitos eventos que serão estruturados pela Rede e os cientistas, estudantes e profissionais interessados no congresso já estão convidados para o 2° CONGEO, a ser realizado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, a partir de 07 de setembro de 2016. Nesse próximo evento devem ser mantidas as contribuições plurais sobre os estudos territoriais em múltiplas escalas, ampliando-se mais ainda o escopo das discussões sobre o Brasil no mundo, suas dinâmicas políticas internas e a sua aproximação/afastamento do complexo sistema internacional de países da atualidade.

 

A equipe de organização do 1° CONGEO, além do apoio dos grupos de pesquisa e programas de pós-graduação aos quais os investigadores da REBRAGEO estão associados, finaliza com “chave de ouro” o primeiro evento com a publicação dos anais com os trabalhos inscritos nos cinco eixos, e que servirão, com certeza, para o fortalecimento das pesquisas sobre a política, a geopolítica e a gestão do território no Brasil e no mundo, reforçando a produção de monografias, dissertações, teses, artigos em revistas nacionais e internacionais… que ampliem o papel da Academia brasileira na produção de pesquisas político-territoriais incentivadoras de caminhos mais equânimes e democráticos no refazer dos territórios.

O nosso muito obrigado pelos apoios indispensáveis da CAPES, FAPERJ, PUC-Rio e demais IES e grupos de pesquisa que, sem os quais, os resultados de qualidade obtidos durante o evento e a posteriori não teriam sido possíveis.

Rio de Janeiro, dezembro de 2014.

A COORDENAÇÃO GERAL

EIXOS TEMÁTICOS DO 1° CONGEO

EIXO TEMÁTICO 1: GEOGRAFIA POLÍTICA E GEOPOLÍTICA CLÁSSICA E CONTEMPORÂNEA DOS SÉCULOS XX E XXI.

Coordenação: Gloria Maria Vargas (UnB) e Edu Silvestre (UFRN)

Este eixo contempla os seguintes temas: O pensamento clássico e contemporâneo da Geografia política e Geopolítica; Os fundadores da Geografia política e da Geopolítica; A renovação do pensamento, dos conceitos e dos temas da Geografia política e Geopolítica, a saber: Federalismo, Sistema eleitoral, Cidadania, Redes, Democracias representativa e participativa, o papel dos Estados nacionais, as Relações Internacionais na era da globalização, a Segurança e Defesa em tempos de paz, as Guerras regionais e as redes internacionais do terrorismo, a Geopolítica cibernética, as mídias alternativas e os novos atores supranacionais na relação entre espaço e poder.

Clique aqui e acesse as comunicações deste eixo.

 

EIXO TEMÁTICO 2: (GEO)POLÍTICAS DO MEIO AMBIENTE, GESTÃO DOS RECURSOS E SUSTENTABILIDADES.

Coordenação: Jones Dari Goettert (UFGD) e Ricardo Batista Nogueira (UFAM)

Este eixo contempla os seguintes temas: O avanço tecnológico e as novas formas de apropriação dos recursos; Guerra e Paz: conflitos e acordos em torno da apropriação e uso da natureza; Poluição, medidas mitigadoras e a gestão ambiental; Mercados do ar e da água, e as estratégias de gestão da biodiversidade; As formas e controles de uso da natureza e o desenvolvimento; Natureza, Sociedade e Sustentabilidades: engenharias e estratégias em múltiplas escalas; Os projetos nacionais do desenvolvimento sustentável; Escalas locais/regionais e as políticas ambientais: contradições, possibilidades e arquiteturas territoriais.

Clique aqui e acesse as comunicações deste eixo.

 

EIXO TEMÁTICO 3: LOCALISMO, NACIONALISMO, REGIONALISMO E GLOBALISMO.

Coordenação: Charles Pennaforte (CENEGRI) e Helio de Araújo Evangelista (UFF)

Este eixo contempla os seguintes temas: O poder local no federalismo brasileiro; Fragmentações X Divisões territoriais; um problema espacial? Identidade e regionalismo na definição de novos territórios; Regionalização e crise: soberanias e autonomias; Modelos de regionalização: crise de identidade nacional? Políticas supranacionais de gestão cooperativa entre nações; Entre o local e o global: políticas setoriais e a reestruturação dos territórios; Emergência de novos poderes regionais: os BRICS; Agências reguladoras e os impactos de suas políticas territoriais; Gestão compartilhada de territórios: reengenharias de políticas multiescalares.

Clique aqui e acesse as comunicações deste eixo.

 

EIXO TEMÁTICO 4: FRONTEIRAS: UM CONSTANTE DESAFIO TERRITORIAL.

Coordenação: Adriana Dorfman (UFRGS) e Gutemberg de Vilhena Silva (UNIFAP)

Este eixo contempla os seguintes temas: Teoria e prática sobre os fenômenos fronteiriços; As divisões territoriais na configuração do espaço da política; Fluidez/Porosidades em diferentes contextos fronteiriços; A defesa-controle de fronteiras; Gestão compartilhada de fronteiras: as faixas de fronteira e suas possibilidades; Fronteiras simbólicas: marcas das diferenças / desigualdades espaciais; Políticas migratórias e as fronteiras do mundo contemporâneo; Fronteira, pluralidade e cosmopolitismo; Alfândegas e fronteiras no século XXI.

Clique aqui e acesse as comunicações deste eixo.

 

EIXO TEMÁTICO 5: AS ESCALAS DE GESTÃO DAS POLÍTICAS TERRITORIAIS.

Coordenação: Aldomar Rückert (UFRGS) e Antonio Angelo Fonseca (UFBA)

Este eixo contempla os seguintes temas: Transformações das políticas espaciais frente à globalização / fragmentação / divisões territoriais; Estado nacional, desenvolvimentismo e suas escalas de ação; Redefinição das políticas territoriais em cenários de instabilidade financeira; Novos atores/sujeitos políticos, econômicos e culturais na redefinição da gestão de políticas territoriais; A multidimensionalidade do poder na gestão do território; Territórios verticais X territórios horizontais: a resistência local frente aos projetos heterônomos e exógenos. Políticas distritais e de bairro na construção do poder de participação na gestão pública.

Clique aqui e acesse as comunicações deste eixo.

Coordenação Geral
Augusto César Pinheiro da Silva - PUC-Rio

Comitê Organizador
Adriana Dorfman – UFRGS
Aldomar Arnaldo Rückert – UFRGS
Antonio Angelo Martins da Fonseca – UFBA
Augusto César Pinheiro da Silva – PUC-Rio
Bernardo Baeta Neves Strassburg – PUC-Rio
Charles Pereira Pennaforte – CENEGRI
Edu Silvestre de Albuquerque – UFRN
Gloria Maria Vargas – UnB
Gutemberg de Vilhena Silva – UNIFAP
Helio de Araujo Evangelista – UFF
Jones Dari Goettert- UFGD
Mônica Herz – PUC-Rio
Ricardo José Batista Nogueira – UFAM

Comitê Científico
Adilar Cigolini - UFPR
André Reyes Novaes - UERJ
Antônio Marcos Roseira - USP
Camilo Pereira Carneiro Filho - UFRGS
Carolina Moulin Aguiar - PUC-Rio
Circe Dietz - USP
Claudete de Castro Silva Vitte - UNICAMP
Cláudio Antônio Egler - UFRJ
Cleber Marques de Castro - UERJ
Clemente Herrero Fabregat - Universidad Autónoma de Madrid
Edgar Aparecido da Costa - UFMS
Edson Belo Clemente de Souza - UNIOESTE
Fabiano Soares Magdaleno - CEFET – Rio de Janeiro/Maracanã
Frédéric Monié - UFRJ
Gisela Aquino Pires do Rio - UFRJ
Gislene Aparecida dos Santos - UFPR
Glaucio José Marafon - UERJ
Hervé Théry - CNRS-USP
Higor Ferreira Brigola - Faculdades Integradas de Itararé
Ina Elias de Castro - UFRJ
Ivaldo de Lima Gonçalves - UFF
Jadson Porto - UNIFAP
João Luiz de Figueiredo Silva - PUC-Rio
Juliana Nunes Rodrigues - UFF
Letícia Parente Ribeiro - UFRJ
Lia Osório Machado - UFRJ
Lício Caetano do Rego Monteiro - UFF/Angra dos Reis
Linovaldo Miranda Lemos - IFF – Campos dos Goytacazes
Lisandra Pereira Lamoso - UFGD
Marcelo Alonso Morais - PUC-Rio
Marcio Rogério Silveira - UFSC
Marco Aurélio Saquet - Unesp – Presidente Prudente
Rafael Winter Ribeiro - UFRJ
Rebeca Steiman - UFRJ
Rejane Cristina Araújo Rodrigues - PUC-Rio
Tito Carlos Machado de Oliveira - UFMS
Vitor Stuart Gabriel de Pieri - Universidade Paulista

Comitê Técnico
Alan Gustavo Pacífico – Mestre em Geografia (PUC-Rio)
Ana Carolina Barbosa – Mestranda em Geografia (PUC-Rio)
Bárbara Oliveira de Paulo da Silva – Mestranda em Geografia (PUC-Rio)
Izânia Maria Calixto – Graduanda em Geografia (PUC-Rio)
José Carlos Alvim Flores Júnior – Mestrando em Geografia (PUC-Rio)
Nathalia da Silva Vieira – Graduanda em Geografia (PUC-Rio)
Raphael Kour Furtado de Mendonça – Graduando em Geografia (PUC-Rio)
Roberto Rodolfo Georg Uebel – Mestrando em Geografia (UFRGS)
Rodrigo Sampaio de Souza – Mestre em Geografia (PUC-Rio)
Thaís Medeiros Loesch – Graduanda em Relações Internacionais (UNIFAP)

© 2020 por REBRAGEO. Contato: congeo2020@gmail.com

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon